Imagens da Modernidade

A Fotografia Como Reveladora de Sentidos, Contextos e Práticas Sociais da Vida Moderna

Autores

  • Pedro de Farias Leite e Silva Universidade Federal de Campina Grande
  • Maynara Andrielly Silva Santos Universidade Federal de Campina Grande

DOI:

https://doi.org/10.53528/geoconexes.v1i1.12

Palavras-chave:

Iconografia, Contemporaneidade, Modernidade

Resumo

Em busca de evidenciar a importância das imagens enquanto fonte documental na pesquisa historiográfica, os autores deste trabalho fazem uma retomada histórica acerca das origens da fotografia e seu processo de incorporação à historiografia, assim como percorrem brevemente a dinâmica entre os estudos teórico-metodológico acerca das possibilidades de uso das imagens na construção do saber Histórico. Ao utilizar as imagens dentro de recortes espaço-temporais específicos, exploram na prática a função das imagens para a análise de situações histórico-concretas a fim de revelar/identificar a realidade que as informa através do completo afastamento de uma concepção metodista das fontes documentais, que apesar de ter-se atido precisamente às fontes oficiais escritas no século XIX ainda tem permanências nas interpretações historiográficas da contemporaneidade, refletindo-se também no uso das imagens que, para muitos, ‘’refletem a realidade em si’’ devido ao seu caráter visual. Na tentativa de revelar sentidos, contextos, valores e/ou práticas sociais, as imagens aqui foram utilizadas em complementariedade com a teoria, que faz a análise concreta de situações sociais [também] concretas – evidenciando, assim, a importância das fontes visuais/imagéticas/fotográficas no desenvolvimento do saber histórico.

Biografia do Autor

Pedro de Farias Leite e Silva, Universidade Federal de Campina Grande

Licenciado em História (UFCG) e pós-graduando do Programa de Pós-Gradução em História da UFCG.

Maynara Andrielly Silva Santos, Universidade Federal de Campina Grande

Licenciada em História (UFCG) e pós-graduanda do Programa de Pós-Gradução em História da UFCG.

Referências

BRITTO, Augusto César Luiz; CORRADI, Ana Laura. Ego-documentos: os documentos que expressam a personalidade, intimidade e motivações dos titulares de arquivos pessoais. In: Biblos: Revista do Instituto de Ciências Humanas e da informação. V. 32, n. 2, jul./dez, 2018, p.p. 98-129.

BURKE, Peter. Testemunha ocular: história e imagem. Bauru, SP: EDUSC, 2004.

CANCLINI, Néstor García. Diferentes, desiguais e desconectados: mapas da interculturalidade. Trad. Luiz Sérgio Henriques. Rio de Janeiro: UFRJ, 2005. 283p.

COURA, Roberto. A Feira de Campina Grande. Campina Grande: Editora Universitária/UFCG, 2007.

HARVEY, David. O neoliberalismo: história e implicações. São Paulo: Edições Loyola, 2008.

HARVEY, David. A condição pós-moderna. São Paulo: Edições Loyola, 1992.

KOSSOY, Boris. Fotografia e história. 4ª ed. São Paulo: Ateliê Editorial, 2012.

LANGLOIS, C. V.; SEIGNOBOS, C. Introdução aos Estudos Históricos. Trad. Laerte de Almeida Morais. São Paulo: Editora Renascença, 1946.

LIMA, Solange Ferraz de; CARVALHO, Vânia Carneiro de. Fotografias: usos sociais e historiográficos in. PINSKY, Carla Bassanezi; LUCA, Tania Regina de (orgs.). O historiador e suas fontes. São Paulo: Contexto, 2009.

MAUAD, Ana Maria. Sobre as imagens na História: um balanço de conceitos e perspectivas. Revista Maracanan, vol. 12, nº 14, p. 33-48 jan./jun. de 2016.

MARX, Karl. O 18 Brumário. 7ª ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1997.

PINSKY, Carla Bassanezi; LUCA, Tania Regina de (orgs.). O historiador e suas fontes. São Paulo: Contexto, 2009.

SAFFIOTI, Heleieth. A mulher na sociedade de classes: mito e realidade. Petrópolis: Vozes, 1976.

Downloads

Publicado

2021-07-01

Como Citar

de Farias Leite e Silva, P., & Santos, M. A. S. (2021). Imagens da Modernidade: A Fotografia Como Reveladora de Sentidos, Contextos e Práticas Sociais da Vida Moderna. Geoconexões Online, 1(1). https://doi.org/10.53528/geoconexes.v1i1.12

Edição

Seção

Artigos